Balanço do Mutirão de Conciliação da JFSE apresenta resultados bastante positivos

10/11/2017 às 15:41:00

Atividades resultaram em acordo na maioria dos processos envolvendo o DNIT e a Caixa Econômica Federal.

Um grande mutirão movimentou o Centro de Conciliação da Justiça Federal em Sergipe (JFSE) durante toda esta semana. De segunda a quinta-feira, 6 a 9 de novembro, foram analisados 121 processos, sendo 104 envolvendo desapropriações propostas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (DNIT) e 17 ações de outras naturezas propostas pela Caixa Econômica Federal (CEF).

Segundo os organizadores do mutirão, o balanço da semana de conciliação superou todas as expectativas. Ao todo, foram firmados 105 acordos, sendo 98 do total de 104 processos referentes ao DNIT, com um valor total movimentado de R$ 8.337.000, e sete do total de 17 processos referentes à Caixa, com valor total movimentado de cerca de R$ 9 mil. No balanço geral do mutirão, foram registradas 10 ausências e em apenas seis processos não houve acordo.

Saldo positivo - O engenheiro Fábio Bastos, analista em Infraestrutura do DNIT, enfatiza que os resultados foram extremamente positivos, com acordos em quase 100% dos processos. “Isso demonstra que os valores e condições ofertados pelo DNIT representam a realidade do mercado e atendem ao que está previsto na Constituição quanto ao pagamento prévio e valores justos”, declara.

Manoel Messias de Lima, parte envolvida em um dos processos referentes a desapropriações propostas pelo DNIT, conta que o mutirão foi muito importante para que fosse feita a conciliação. “Estou bastante satisfeito, fizemos um acordo e esse processo foi bem tranquilo. A realização de um mutirão é muito positiva, acredito que a lei é para ser cumprida, e se é para o benefício de todos, então temos mesmo que chegar a um acordo”, ressalta.

Com informações da ASCOM/JFSE


Autor: Divisão de Comunicação Social do TRF5